Sobre a SM Fundação SM Formação Continuada Carreiras Contato
SM Aprendizagem

Chegamos ao importante momento de escolha das obras para os Anos Finais do Ensino Fundamental, no Programa Nacional do Livro Didático — PNLD 2024

Nessa jornada, a SM Educação, referência em educação básica no Brasil há mais de 85 anos, segue lado a lado com a sua escola. Para isso, mantemos o propósito de desenvolver conteúdos capazes de aproximar a comunidade escolar (professores, alunos e famílias), promovendo uma educação verdadeiramente significativa e de qualidade.

Por meio deste artigo, você terá a oportunidade de conhecer a dinâmica do PNLD 2024, tendo acesso aos pontos fundamentais para preparar uma geração alinhada às novas experiências de aprendizado. Acompanhe!

As diretrizes do PNLD 2024 para os Anos Finais

Com processos bem definidos e triagem minuciosa, o PNLD organiza-se em períodos alternados para a seleção dos livros didáticos. A cada quatro anos, as editoras — como a SM Educação, avaliam novos materiais para atender a um determinado segmento de ensino, seguindo os critérios do programa.

Posto isso, em 2024 o PNLD será destinado aos Anos Finais do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano), trazendo consigo obras didáticas aprovadas e uma grande novidade: a aquisição de livro e manual do professor digital e interativo. 

O objetivo é ampliar significativamente o uso de tecnologias para apoiar as práticas de aprendizagem e o desenvolvimento da cultura digital no Ensino Fundamental

“Os Recursos Educacionais Digitais fomentam relações de ensino e aprendizagem voltada a uma participação mais consciente e democrática. […] Permite-se trabalhar com avanços do mundo digital na sociedade contemporânea, ao mesmo tempo em que investe-se na construção de uma atitude crítica, ética e responsável em relação à multiplicidade de ofertas midiáticas e digitais.”

– EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Diferentes do último programa, que foi direcionado aos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e teve quatro objetos, a estrutura do PNLD 2024 será dividida em três objetos que poderão ser escolhidos por fases.

Objetos PNLD 2024

Para contemplar os conteúdos e as atividades relacionados aos objetos de conhecimento, no entanto, é necessário estar atento(a) aos critérios e às diferentes características de cada um deles. Entenda como no guia a seguir. 

Um manual prático dos objetos do PNLD 2024

Objeto 1 – Obras Didáticas

No Objeto 1 do PNLD 2024, as coleções didáticas de cada componente curricular serão compostas por Livro impresso do Estudante, Livro digital-interativo do Estudante, Manual impresso do Professor e Manual digital-interativo do Professor.

PNLD 2024 - Objeto 1

No caso de obras por área do conhecimento, serão consideradas livros didáticos de Arte, Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Educação Física, Matemática, Ciências, História e Geografia. 

Nessa etapa, todas as coleções didáticas são compostas por materiais reutilizáveis, para posterior utilização por outro estudante e/ou educador.

Para o aluno, são destinados quatro volumes por área do livro do estudante, nos formatos impresso e digital-interativo, além de livro digital com versão HTML5, enriquecida por ferramentas de interatividade em todos os volumes.

Também para o estudante, o Objeto 1 contempla quatro volumes digital-interativo de Língua Inglesa e Arte, acompanhados de recursos em áudio para atividades voltadas ao desenvolvimento de competências e habilidades.

Da mesma forma, para o professor, serão destinados quatro volumes por área do livro do professor, nos formatos impresso e digital-interativo, além de livro digital com versão HTML5.

Objeto 2 – Recursos Educacionais Digitais (REDs)

No Objeto 2, as coleções de Recursos Educacionais Digitais para os Anos Finais do Ensino Fundamental serão distribuídas por componentes curriculares, apenas em versão digital-interativa.

Cada RED terá, portanto, um componente curricular guia, a partir do qual as propostas de ensino e aprendizagem devem ser desenvolvidas.

Serão considerados, tanto para alunos quanto para professores, um volume de Projeto Integrador para os quatro anos, em formato digital-interativo, além de um volume de Projeto de Vida contemplando os 8º e 9º anos, também digital-interativo.

Ainda para alunos e professores, serão oferecidos em formato digital-interativo quatro volumes de Avaliação Diagnóstica e Progressiva por ano, bem como um Item de Avaliação resolvido e comentado por habilidade da BNCC. 

Para o professor, além dos materiais já mencionados, destinam-se ainda quatro volumes de Planos de Desenvolvimento por ano e doze Sequências Didáticas por ano, ambos em formato digital-interativo.

PNLD 2024 - Objeto 2

Objeto 3 – Obras Literárias

Para o Objeto 3 do PNLD 2024, que contempla as obras literárias destinadas aos Anos Finais do Ensino Fundamental, em Língua Portuguesa e Língua Inglesa, a escolha poderá ser feita nas seguintes categorias: 

Para o estudante, o Objeto 3 destina um livro literário impresso e uma versão digital, em ambas as categorias.

Para o professor, tanto na categoria 1 quanto na 2, oferece uma versão digital contemplando o livro literário impresso, mais o material de apoio destinado ao educador.

PNLD 2024 - Objeto 3

Prepare uma geração alinhada às novas experiências de aprendizado com a qualidade SM Educação

Sabendo que orientar a escola para um ensino transformador é o caminho para construir o futuro que começa na sala de aula, a SM Educação estará presente em mais uma edição do Programa Nacional do Livro Didático.

Com materiais qualificados e apoiados por um trabalho que comprovadamente traz resultados, somente no último ano registramos quase 20 milhões de alunos e 15 mil escolas utilizando os livros da editora.

No PNLD 2024, mais do que números, queremos estar lado a lado com a sua instituição para oferecer apoio em todas as etapas do programa, com conteúdos indispensáveis para quem busca fazer a melhor escolha nos Anos Finais.

Continue acompanhando nossas publicações e conte com a nossa equipe especializada para tirar todas as dúvidas. Juntos cuidamos da educação!

SM Educação no PNLD 2024

O sistema para a escolha das obras didáticas do PNLD 2023 – Anos Iniciais já está aberto. Sendo assim, teve início o processo da adesão de uma coleção didática nas escolas públicas de todo o Brasil, o qual deve passar por um rigoroso critério de qualidade. E a coleção didática Aprender Juntos, da SM Educação, é a melhor escolha neste cenário.

Os conteúdos inovadores e conectados ao universo infantil de Aprender Juntos já apoiaram mais de 19 mil escolas no desenvolvimento de competências socioemocionais, e também possibilitou que as escolas realizassem excelente trabalho educativo com os seus alunos. 

Os livros desta coleção irão nortear todo o processo de aprendizagem dos alunos de forma integrada, algo que, especialmente nos primeiros anos do Ensino Fundamental, exige uma atenção ainda maior. Continue neste artigo para entender quais critérios seguir para adotar uma coleção didática e o porquê Aprender Juntos é a melhor escolha neste cenário.

Coleção didática: uma integração necessária

Quando a escola opta por uma coleção didática única para todos os componentes curriculares, há uma série de vantagens decisivas para um aprendizado sólido, integral e eficaz. Os livros da coleção Aprender Juntos trazem todas essas vantagens – e muito mais. Descubra quais são as principais:

Vantagens de uma coleção didática completa no PNLD 2023

Com essas vantagens, uma escola que opta por uma coleção didática completa está à frente na qualidade de ensino, respeitando as exigências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 

Principais critérios de escolha de um material didático

Dada a importância de ter à disposição uma coleção didática completa na instituição de ensino, é hora de entender os critérios a serem considerados na hora de escolher essas obras essenciais para o aprendizado. 

Dentre os pontos importantes de análise, destacam-se cinco fundamentais:

  1. Boa diagramação das obras, facilidade na leitura e a compreensão pelos professores e alunos;
  2. Livros do professor facilitados, com propostas de avaliação de acordo com o conteúdo abordado e que passem pelos níveis cognitivos de complexidade;
  3. Ir além do ensino dos componentes curriculares e abordar competências socioemocionais, propondo um ensino integral para além da sala de aula;
  4. Propostas de atividades dinâmicas e que estimulem o protagonismo do aluno;
  5. Indicação de conteúdos complementares ao proposto no livro e se os conteúdos do livro, como textos, imagens e assuntos, são atuais.

Quer ter acesso a todas essas vantagens na coleção didática escolhida agora que o sistema está aberto? A SM Educação tem a solução perfeita: Aprender Juntos, a coleção 100% aprovada no PNLD 2023 – Anos Iniciais.

Aprender Juntos é a coleção didática completa para a sua escola

Aprender Juntos é a melhor coleção didática do PNLD 2023. Com obras para todas as áreas do conhecimento, os materiais da SM Educação oferecem um ensino integral, de qualidade e com a garantia das exigências da BNCC. 

Ou seja, essa é a oportunidade perfeita de contar com conteúdos que ensinam com profundidade, enquanto despertam a cidadania e um olhar para os componentes curriculares que vão muito além da sala de aula.

Veja as principais contribuições e por que adotar:

PNLD 2023: o que era bom ficou ainda melhor

Ainda não está convencido(a) de que Aprender Juntos é a escolha ideal para a sua instituição? Então, confira a seguir os componentes e especialidades da coleção didática, e saiba como ela é a forma mais prática de guiar os alunos a uma formação integral, contínua, interativa e lúdica.

Aprender Juntos – Língua Portuguesa

A coleção Aprender Juntos destinada ao componente de Língua Portuguesa considera a linguagem como elemento fundamental na educação integral dos estudantes, sendo a ferramenta de expressão de todo cidadão. Quer saber como? Veja alguns destaques:

Sendo assim, desde a alfabetização até o trabalho consistente com o eixo de produção de textos, essa é a coleção ideal para quem busca uma rica coletânea de textos e um design lúdico que visa uma aprendizagem verdadeiramente intuitiva. 

Aprender Juntos Língua Portuguesa

Aprender Juntos – Matemática

Agora, com o sistema do PNLD 2023 – Anos Inicias aberto para escolha, as escolas públicas de todo o Brasil terão ainda a oportunidade de receber o apoio da coleção Aprender Juntos – Matemática, que possibilita ao aluno compreender a função da linguagem matemática, proporcionando o desenvolvimento da autonomia e do pensamento crítico-reflexivo. 

Com jogos, atividades interativas e o trabalho das competências socioemocionais, os materiais se destacam como a melhor escolha para quem deseja um aprendizado ampliado e integral:

Aprender Juntos Matemática

Aprender Juntos – Geografia e História

Para uma melhor atuação nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, a coleção didática Aprender Juntos – Geografia e História está reformulada, moderna, lúdica e ainda mais completa. Nela, você encontra a interdisciplinaridade aliada à formação cidadã, ao desenvolvimento de competências socioemocionais e muito mais:

Agora que você conhece alguns dos destaques dessa coleção 100% aprovada no PNLD 2023, leve o melhor da educação nas ciências humanas para a sua escola! Sociedade, espaço e tempo são os eixos integradores para um aprendizado significativo e real.

Aprender Juntos Geografia e História

Aprender Juntos – Ciências

Buscando por obras que valorizem conhecimentos e procedimentos científicos, diversidade sociocultural, contextos, valores e emoções dos estudantes dos anos iniciais? Então, Aprender Juntos – Ciências é para você!

Permitindo aprender e fazer ciências de modo significativo, a coleção didática estimula o protagonismo estudantil, colocando os alunos em contato com saberes e procedimentos científicos, envolve-os em uma variedade de atividades e incentiva-os a trabalhar em grupo com propostas bem elaboradas:

Aprender Juntos Ciências

Aprender Juntos – Arte

Com a coleção Aprender Juntos – Arte, os estudantes da sua escola serão estimulados a viver e explorar as linguagens artísticas, de forma interdisciplinar e integrada. Isso porque o material visa formar cidadãos capazes de apreciar e se expressar artisticamente, integrando o aprendizado de conceitos das linguagens artísticas ao dia a dia. 

Veja alguns destaques:

Em resumo, são atividades práticas, conteúdos que aproximam instituição e comunidade, uma estrutura flexível para os professores terem autonomia no ensino de arte e muito mais. É por isso que quem conhece, não troca!

Aprender Juntos Arte

Aprender Juntos – Geografia

Antes de fazer a sua escolha no PNLD 2023 – Anos Iniciais, considere Aprender juntos – Geografia, a coleção que foi pensada para promover a compreensão dos fenômenos geográficos a partir dos lugares de vivência do estudante, com propostas inovadoras e significativas:

A ideia é proporcionar um aprendizado dinâmico e ampliado, valorizando a diversidade sociocultural e paisagística do Brasil e do mundo. Por isso, com a abertura do período de escolha, contar com esse material enriquecedor na sua escola é a melhor opção! 

Aprender Juntos Geografia

Aprender Juntos – História

A coleção didática Aprender juntos – História estimula os estudantes dos anos iniciais a investigarem as histórias das famílias, das comunidades, dos municípios e do Brasil, trabalhando o seu reconhecimento como sujeitos históricos

Dessa forma, o material se descata como a escolha perfeita para quem valoriza uma aprendizagem dinâmica. Afinal, possibilita tanto a abordagem tradicional quanto a organizada em projetos, garantindo flexibilidade ao docente, que pode adaptar as propostas de acordo com o grupo de estudantes:

Aprender Juntos História

Aprendendendo com Projetos – Projetos Integradores

A coleção Aprendendo com Projetos – Projetos Integradores, da editora Evoluir, é a escolha ideal para quem valoriza uma educação inovadora, conectando o aluno ao mundo ao seu redor através de projetos de aprendizagem com temas contemporâneos. Veja o motivo:

Ou seja, trata-se de uma metodologia ativa que desenvolve entre os estudantes habilidades de protagonismo, resolução de problemas, comunicação, cooperação, criatividade, pensamento crítico e habilidades socioemocionais. 

Você também já pode escolher essa coleção enriquecedora para os seus estudantes! 

Aprendendo com Projetos

Posto tudo isso, para contar com os materiais didáticos mais completos do mercado e oferecer uma aprendizagem significativa para os estudantes do Ensino Fundamental, escolha Aprender Juntos, da SM Educação.

Faça sua escolha no PNLD 2023

Para definir quais obras serão adotadas por escolas públicas de todo o Brasil nos Anos Iniciais, o sistema de educação básica brasileiro segue o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Neste cenário, cabe às instituições de ensino encontrarem  as melhores soluções educacionais para enriquecer os processos de ensino e aprendizagem.

O PNLD 2023 destina-se aos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Ele é composto por quatro objetos que oferecem diferentes propostas de recursos didáticos a professores e estudantes: 

No momento, você selecionará obras didáticas que pertencem ao objeto 1. Este objeto está dividido em duas categorias: obras por área do conhecimento e obras por componente ou especialidade. 

A SM Educação entende a importância de contar com materiais completos neste cenário, atendendo às especificações das categorias mencionadas e criando uma uniformização dos livros didáticos adotados. 

Por isso, já contamos com 100% de aprovação no PNLD 2023, com coleções que oferecem às escolas públicas um grande diferencial na performance dos professores e no resultado de aprendizagem dos estudantes.

Na categoria por área, consideramos as obras de Língua Portuguesa, Arte e Educação Física, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Já na categoria por componente ou especialidade, olhamos para as obras de Arte, Educação Física, Geografia, História e projetos integradores.

Mas, quais requisitos considerar na escolha de um livro didático nos Anos Iniciais? Nesse processo, existem algumas observações indispensáveis para oferecer recursos que ajudem a desenvolver e potencializar os sentidos do educador e das crianças.

Tudo isso e mais um pouco você encontra na coleção Aprender Juntos, a melhor escolha para o Ensino Fundamental – Anos Iniciais. 

Nos Anos Iniciais, o que era bom ficou ainda melhor com Aprender Juntos

Com 100% de aprovação no PNLD 2023 – Anos Iniciais, Aprender Juntos é a coleção completa para a sua escola

Ainda mais conectivo, lúdico, dinâmico e explorador, o material propõe situações de aprendizagem que garantem a formação integral do aluno, respeitando a progressão das habilidades em todos os componentes curriculares indicados no Objeto 1.

Além disso, a coleção Aprender Juntos foi cuidadosamente pensada para auxiliar o trabalho dos professores no Ensino Fundamental 1, oferecendo o melhor caminho para alcançarem os objetivos almejados por meio de ferramentas para uma avaliação diagnóstica eficiente. 

Nesse artigo, apresentaremos as coleções que podem apoiar você a continuar estruturando e instrumentalizando o desenvolvimento da educação integral, além de oferecer o acesso gratuito de cada livro didático.

Conheça conteúdos completos e mobilizadores para uma aprendizagem significativa nos Anos Iniciais e entenda por que quem conhece Aprender Juntos não troca.

Conheça a coleção completa para Ensino Fundamental Anos Iniciais

A coleção Aprender Juntos – Língua Portuguesa desenvolve competências e habilidades previstas na Base Nacional Curricular Comum (BNCC) de forma lúdica e interativa, despertando no aluno valores como solidariedade e responsabilidade. 

Pensada para facilitar o trabalho docente, a coleção vem com indicação dos Componentes da Alfabetização que estão sendo desenvolvidos em sala. Com temas e conteúdos mobilizadores, você vai entender porque quem conhece não troca! Acesse a página e confira.

A coleção Aprender Juntos – Matemática foi desenvolvida com conteúdos e atividades que incentivam o aluno a relacionar os conhecimentos adquiridos em sala de aula com a sua vivência, tornando o ensino mais significativo e real.

Além disso, a coleção vem com a unidade temática de Probabilidade e Estatística reforçada e conta com recursos dinâmicos para um aprendizado mais interativo. Acesse a página e conheça

Conheça Aprender Juntos – Ciências, a coleção completa para levar aos Anos Iniciais um letramento científico aliado ao respeito à diversidade cultural e aos valores éticos e democráticos.

As obras buscam gerar mais engajamento integrando os saberes de maneira contextualizada e se valendo de recursos digitais mais dinâmicos e conectados à realidade do aluno. Clique aqui para saber mais!

A coleção Aprender Juntos – Geografia e História foi pensada para auxiliar o seu trabalho! 

Além de gerar um aprendizado assertivo e aprofundado, as obras contribuem para a formação cidadã dos estudantes, estimulando sua capacidade de interpretar o contexto político e social em que vivem. Acesse a página e conheça

A coleção traz a qualidade SM Educação proporcionando um aprendizado de arte que coloca o aluno como protagonista e estimula sua criatividade. 

Confira o material repleto de atividades dinâmicas e interativas. Quem conhece, escolhe.

Os pensamentos geográfico e social são os destaques da SM Educação na coleção Aprender Juntos: Geografia, que estimula os alunos a conectarem os conhecimentos com o cotidiano. 

A ideia é que os alunos entrem em contato com atividades e imagens que trazem uma perspectiva da diversidade de paisagens e de indivíduos, fenômenos socioeconômicos e questões ambientais, desenvolvendo também a alfabetização cartográfica. Clique para conferir

Na Coleção Aprender Juntos – História, a atitude historiadora é estimulada pela análise de fontes históricas e pesquisa sobre a própria família, a comunidade e o país, valorizando a identidade de cada estudante e desenvolvendo habilidades socioemocionais.

Com volumes organizados em ordem cronológica e temas mobilizadores, é a melhor opção para o PNLD 2023! Clique para conhecer as obras.

Se o seu objetivo é oferecer aprendizagens ativas por meio de projetos contemporâneos e que colocam o aluno no centro de aprendizagem, ‘Aprendendo com Projetos’ é a melhor escolha!

Conheça a coleção que proporciona um aprendizado interdisciplinar com criatividade, protagonismo e colaboração. Clique aqui para acessar o material!

Por fim, vale lembrar que todas as obras do Objeto 1 já estão disponíveis para conferência no nosso site oficial do PNLD, onde você também encontra mais informações sobre o programa, sobre a editora e sobre os outros objetos para os Anos Iniciais. 

No último programa, foram 7 milhões de exemplares escolhidos e 19 mil escolas adotando as coleções da SM Educação. Quem conhece, escolhe! 

Nossas obras são pensadas para apoiar e enriquecer o trabalho docente, visando uma educação do futuro, com protagonismo estudantil, aprendizagem por projetos e um ensino mais interativo, lúdico e real.

Promova a aprendizagem contínua e a formação integral com Aprender Juntos!

Livro didático: um aliado poderoso

O livro didático é uma ferramenta poderosa e essencial para a educação integral dos alunos, em especial nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Essa força pode ser ainda mais potencializada com a implantação de uma coleção de livros didáticos.

A partir de uma coleção, o(a)  professor(a) irá guiar os estudantes em uma jornada elaborada exatamente para o ano escolar em questão, seguindo os parâmetros estabelecidos pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de forma integrada.

Segundo o Fundo Nacional da Educação (FNDE), aproximadamente 150 milhões de livros didáticos circulam pelas escolas brasileiras para cerca de 40 milhões de estudantes anualmente. Na maioria dos casos, o único material utilizado pelos educadores para o processo de aprendizagem. Portanto, as obras didáticas devem ser um grande ponto de atenção nas instituições de ensino. 

Aliado poderoso dos docentes e dos alunos, o livro didático é um verdadeiro guia para práticas pedagógicas, facilitando o planejamento de aula, norteando o processo de ensino e otimizando o tempo na sala de aula, principalmente quando se trata de uma coleção de livros.

Por isso, neste PNLD 2023 – Anos Iniciais, a escola deve ficar atenta à qualidade e procedência das obras adquiridas, pois esta é uma escolha que impacta todo o processo de aprendizagem e, consequentemente, a reputação de uma instituição de ensino.

A importância de uma coleção de livros

A adoção de uma coleção de livros didáticos completa é fundamental para que o ensino seja integrado, garantindo a máxima qualidade.

Isso porque, com a uniformização dos livros didáticos de todas as áreas do conhecimento e componentes curriculares em uma única coleção, a escola tem um grande diferencial na performance dos professores e no resultado de aprendizagem dos estudantes.

Separamos abaixo as principais vantagens de se trabalhar com uma única coleção de livros em todos os componentes para cada um dos agentes de uma instituição de ensino. Confira:

Vantagens para o(a) professor(a)  

Para um(a) professor(a) dos anos iniciais, um material integrado é essencial. O olhar panorâmico para todos os componentes curriculares é essencial para uma aprendizagem muito mais organizada e de maneira sólida. 

Por isso, com uma coleção de livros completa, os professores contam com o benefício de ajustar seu trabalho com a tranquilidade de que todos os componentes da série na qual atua seguem uma mesma estrutura lógica. Isso resulta em: 

Vantagens para o aluno 

Para os alunos, a coleção de livros traz uma ideia de complemento entre os componentes curriculares e, especialmente no caso dos anos iniciais, período crucial do ensino, uma melhor estruturação do que é aprendido. Isso é o que vai solidificar o ensino para os anos seguintes. Isso resulta em:

Vantagens para a escola/gestão escolar

Para a gestão escolar, o uso de coleções completas entre as séries dos anos iniciais criam um panorama aprimorado de como é estruturado o processo de aprendizagem. Isso facilita o acompanhamento do desempenho tanto dos professores quanto dos alunos. Isso resulta em:

Uma coleção de livros didáticos completa é essencial para um ensino integral. E para garantir que essa coleção tenha a qualidade que sua escola merece, a melhor escolha é a coleção Aprender Juntos. A coleção da SM Educação acaba de ser 100% aprovada no PNLD 2023. Confira!

Aprender Juntos: a coleção completa para a sua escola

Conheça Aprender Juntos e tenha em mãos a melhor solução didática do PNLD 2023 – Anos Iniciais. Além de promover um aprendizado profundo dos componentes curriculares, trabalha as competências socioemocionais e o protagonismo dos alunos. 

Quem conhece a coleção Aprender Juntos, não troca!

O que são competências socioemocionais?

Vivemos em um mundo plural, conectado e com muitas informações. Isso por si só exige de nós algumas competências como: 

Para garantir a formação integral de nossas crianças e jovens é preciso oportunizar o desenvolvimento dessas competências socioemocionais, que são a capacidade das crianças e adolescentes de saberem lidar melhor com as próprias emoções, com situações conflituosas e em terem uma melhor relação com o próximo. Esse desenvolvimento é realizado por meio dos saberes atitudinais, tanto no ambiente familiar como escolar.

O desenvolvimento na prática

Na escola, este trabalho começa pela organização de espaços de aprendizagem, que devem favorecer as experiências, a integração e a partilha. É importante deixar de colocar as crianças enfileiradas em uma posição em que fica claro o papel passivo de “receber” e não de “fazer”.

Então, passamos a organizar espaços variados de aprendizagem, como grupos, pares e estações de rotação. Assim, possibilitamos estas interações e quebramos os estereótipos da sala, o que contribui para o estímulo das competências socioemocionais.

Quando convidamos os alunos a variar as equipes de trabalho, estamos permitindo que eles tenham contato com novos pontos de vista, novos saberes e que possam aprender uns com os outros.

A palavra “nós” deve fazer parte do vocabulário da sala de aula. Logo, é fundamental que o professor procure sempre dizê-la, incluindo-se nas interações e buscando este novo olhar para suas práticas como mediador no processo de aprendizagem. 

Precisamos que nossas crianças e jovens observem o mundo com olhos mais generosos, abertos a múltiplas possibilidades e que saibam criar soluções para preservar o meio em que vivemos e a integridade do outro.

Esta aprendizagem ocorre não apenas com atividades específicas, mas também quando a escola se torna um espaço de diálogo e reflexão, utilizando as metodologias ativas e oportunizando a participação real dos estudantes. 

Assim, eles não mais repetirão conceitos, mas desenvolverão habilidades e, consequentemente, competências que lhes permitirão viver e conviver neste novo mundo que se desenha de um modo muito mais responsável, ético e colaborativo.

Estratégias que favorecem o trabalho com as competências socioemocionais

A escolha das estratégias deve sempre favorecer o desenvolvimento das habilidades previstas. É imprescindível que não se organize o planejamento a partir das estratégias, mas sim, pelas habilidades. 

Devemos começar definindo o que desejamos que o estudante aprenda, qual a função desta aprendizagem e quais os caminhos a serem percorridos para que aconteça de modo real e significativo. 

Outro ponto é lembrar que competências socioemocionais são desenvolvidas ao longo de um processo e que a gradativa ampliação das habilidades tornará possível este desenvolvimento.

Sendo assim, vamos começar por onde desejamos chegar com este trabalho para depois listarmos estratégias variadas que serão escolhidas de acordo com o processo de aprendizagem em que se encontra cada turma.

As competências socioemocionais estão presentes na descrição das dez competências gerais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), nos convidando a pensar nos saberes atitudinais presentes no aprender. 

O uso de diferentes mídias no processo

– Literatura

Boas histórias nos ajudam a entender quem somos, o mundo em que vivemos, nossas emoções, a nos colocarmos no lugar do outro, a conhecer outros pontos de vista. Por isso, a literatura é uma excelente ferramenta para trabalharmos as competências socioemocionais.

São muitos os títulos que temos à nossa disposição no mercado. Mas temos algumas dicas de como escolher o livro e como utilizá-lo de modo a atingir nossos objetivos. 

Para conferir, acesse a seguir o material com todas as orientações para saber como aproveitar esse recurso a favor de aulas mais conectadas.

– Filmes 

Como as boas histórias dos livros, os filmes também podem ser ferramentas positivas para nos ajudar a discutir as competências socioemocionais, desde que sua exibição esteja alinhada com a intencionalidade pedagógica da ação que visa ao desenvolvimento da habilidade proposta.

Não use o filme como apenas um atrativo. Não trabalhe somente o tema. Discuta as possibilidades de reflexão, contextualize com a realidade, amplie as discussões além da história e permita que as crianças falem sobre as relações que fizeram.

– Jogos 

Os jogos são um ótimo atrativo para todas as idades. O desafio, as estratégias e a conquista são ações que mobilizam as pessoas. 

O uso dos jogos em sala de aula é uma estratégia muito eficaz para o desenvolvimento das competências esperadas para o século XXI e pela BNCC: saber lidar com desafios, propor soluções para as situações-problema, trabalhar com metas, trabalhar em equipe, lidar com obstáculos e conflitos, argumentar, criar estratégias, ter maior interatividade, usar linguagem tecnológica.

Em qualquer idade, os jogos ajudam a refletir sobre o fazer, organizar e desorganizar, construir e reconstruir, crescer nos aspectos culturais e sociais como parte essencial de uma sociedade.

Outras atividades que mudam as atitudes diárias 

As competências socioemocionais serão desenvolvidas quando vividas, interiorizadas e fizerem parte da rotina diária das crianças e jovens. Implantar pequenas ações no dia a dia escolar fará a diferença no desenvolvimento de sua turma.

Organização da sala:

Varie a organização da sala, oportunizando o relacionamento de todos. Faça atividades em duplas, pequenos grupos, círculo para plenária. Oriente os alunos a mudarem de dupla, grupo e a se sentarem em lugares variados. 

Conhecer pontos de vista diversos e trabalhar com pessoas diferentes nos ajudam a crescer e a olhar o mundo de modo plural. 

Quadro de combinados:

Elabore com a turma o quadro de combinados. Não traga pronto ou vá sugerindo. Peça que as crianças e jovens definam os combinados de convivência. Isto faz com que se apropriem destas ações e busquem um melhor caminho para se relacionoar.

– Assembleias:

Determine um dia da semana para reunir a turma e discutirem os problemas ocorridos no período e buscar soluções. 

Use esta prática também para quando precisarem tomar decisões coletivas. É importante que exercitem a cidadania, o olhar coletivo e a empatia.

– Diário de bordo das emoções:

Incentive as crianças e jovens a escreverem diários, registrando os fatos que vivenciam, as emoções, procurando olhar para si e refletindo quanto a buscar caminhos para seu próprio desenvolvimento.

– Diálogo e reflexão:

Faça do diálogo e da reflexão práticas em seu dia a dia em todos os estudos promovidos. Isso faz com que as crianças e os jovens se habituem a dialogar, analisar as situações e possibilidades e tomar decisões. Use as metodologias ativas em sua prática.

– Painel de notícias:

Crie em sua sala um painel para as notícias do cotidiano. Você e sua turma devem trazer notícias que aconteceram no dia ou na semana para serem lidas e discutidas. 

De acordo com a faixa etária de sua turma, traga notícias que possibilitem aos alunos argumentar sobre os comportamentos descritos, tanto positivos, quanto negativos, e dar soluções quando necessário.

O início da comunicação

No processo de alfabetização e letramento que ocorre na escola, além do aprendizado por livros didáticos, as crianças devem experimentar cenas de comunicação, ou seja, situações nas quais seja possível refletir a leitura, a escrita e a fala em um contexto.

Isso porque, desde as nossas primeiras experiências sociais, passamos a vivenciar situações de comunicação. As expressões faciais, o tom da voz, os sons do ambiente, as falas, tudo chega até nós e nos faz compreender que a comunicação é o meio para expressar sentimentos e desejos. 

Começamos esse processo imitando o outro em seus gestos e sons para ganhar o colo, a comida, parar a dor. No decorrer dos anos, continuamos a ler as pessoas e o mundo, ampliando as formas de nos comunicarmos

Aprendemos as primeiras palavras, ampliamos os gestos, brincamos de imitar os adultos, começamos a ouvir histórias e descobrimos outras formas de comunicação: os desenhos, as letras, os nomes nas embalagens.  

Por isso, nos anos iniciais da educação, a alfabetização e letramento deve seguir esse mesmo preceito, ou seja, precisa de cenas de comunicação que levem a criança a entender o processo por meio de contextualização e prática.

Estratégias de alfabetização e letramento

É importante que as estratégias que adotamos possam garantir que a criança analise a cena comunicativa, a função da ferramenta escolhida, pense suas escolhas e avalie os resultados. Por isso, é interessante que, durante o período de alfabetização e letramento, todas as atividades sejam contextualizadas e, os resultados, sempre discutidos com os alunos. Exercícios apenas de memorização e repetição não garantem um processo completo às crianças.

Outro ponto de destaque é ajudar as crianças a analisarem suas produções, não encarando nada como erro, mas como um processo que faz parte do aprendizado. As hipóteses das crianças são ricas; lê-las atentamente é construir caminhos assertivos para garantir a aprendizagem de todos e todas.

Assim como nos ensinou Paulo Freire, alfabetizar é muito mais do que apenas ler e escrever; é ler o mundo

Tendo isso em vista, separamos 9 atividades que aplicam todos esses conceitos para otimizar a alfabetização e o letramento das crianças em sala de aula.

Sugestões de atividades

Atividade 1: Pare!

Para que serve a atividade:

Esta é uma variação do jogo do STOP! A atividade auxilia as crianças a perceberem a organização das letras do alfabeto, associar a sonoridade com a escrita, analisar a estrutura das palavras e apresentar hipóteses de escrita.

Coloque as letras do alfabeto em um saquinho e peça que uma criança sorteie a letra da rodada. Após o sorteio, dê um sinal para que todos comecem a escrever as palavras que completem a ficha com nomes que iniciem com a letra sorteada.

Quem acabar de escrever suas palavras grita PARE! Não é preciso marcar o tempo ou só valer quem terminar primeiro para não desestimular quem está em processo de alfabetização.

Faça uma tabela maior na lousa ou em um painel e vá escrevendo as palavras que as crianças forem ditando ou peça que elas venham escrever. O objetivo aqui é fazer com que pensem a escrita.

Caso sua turma já esteja em um nível mais avançado de alfabetização, inclua o tempo e a disputa de pontos.

Atividade 2: Que sílaba está faltando?

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia as crianças a compreenderem a composição das palavras e função das sílabas.

Convide os alunos a pensarem nas palavras que podem formar com as sílabas sugeridas. Esta atividade pode ser feita em duplas ou individualmente.

Outra variação é formar duplas e dar uma cartela em branco para cada par, solicitando que coloquem as palavras para serem completadas. Quando preencherem as cartelas, as duplas devem trocá-las com outras duplas.

Ao final de cada etapa, discuta os resultados. Não coloque apenas o certo, comente com as crianças as hipóteses e os erros para que reflitam sobre o processo de escrita.

Atividade 3: Uma mensagem para meu amigo

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia as crianças a compreenderem a função social da escrita, criar hipóteses de escrita e compreender a estrutura do gênero bilhete.

Sugestão de atividade:

Convide a turma a criar uma árvore de boas mensagens. Primeiro, peça que cada aluno escolha um amigo ao qual escreverá um bilhete com uma mensagem positiva.

Quando forem terminando, leia com cada um a mensagem e discuta a escrita. Após isso, pendurem na árvore os bilhetes.

Reúna os alunos em um espaço aberto da escola, coloque a árvore no meio da roda e convide, um a um, a buscar seu bilhete e ler para os amigos.

Atividade 4: Jogo de forca

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia as crianças a pensarem na estrutura da escrita da palavra.

Sugestão de atividade:

Reúna os alunos em pequenos grupos para que possam ter oportunidades de jogar mais vezes. Entregue folhas de papel com o desenho de forcas. Oriente-os para sortearem a ordem das jogadas. O primeiro a jogar pensa em uma palavra, desenha o número de letras correspondentes e dispõe, ao lado, todas as letras do alfabeto. Os demais devem adivinhar as letras até formar a palavra. Cada letra sugerida vai sendo riscada da lista de letras. Quando ela estiver na palavra, será escrita na lista; quando não estiver, será desenhada, na forca, uma parte do corpo. O objetivo é que alguém acerte a palavra completa. Quem acertar marca ponto no placar. Todos sugerem palavras. Faça quantas rodadas desejar, de acordo com o número de alunos de sua turma.

Passe pelos grupos e converse sobre a escrita das palavras. Faça apontamentos para que possam refletir e corrigir possíveis erros.

Atividade 5: Lá vai a barquinha carregadinha de…

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia as crianças a pensarem na estrutura da escrita da palavra.

Sugestão de atividade:

Divida a turma em pequenos grupos. Cada um recebe uma folha de papel e um lápis. Um dos participantes deverá falar uma letra (ou sílaba) e os demais escrevem as palavras. Ex.: frutas iniciadas com M – maçã, morango, melão etc.

Quem escolheu a letra ou sílaba fala para os demais para saber a resposta. Por exemplo: “Lá vai a barquinha carregadinha de frutas que começam com L”. Cada um dá sua resposta de acordo com o que foi pedido, mostrando o que escreveu. Por exemplo: laranja. 

Passe pelos grupos e converse sobre a escrita das palavras. Faça apontamentos para que possam refletir e corrigir possíveis erros.

Atividade 6: Quem conta um conto, aumenta um ponto

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia as crianças a planejarem o texto e compreenderem a função social da escrita.

Sugestão de atividade:

Reúna os alunos em pequenos grupos e os convide a criarem novos finais para as histórias conhecidas.

Para esta atividade recorte as tiras abaixo, pegue folhas de sulfite ou caderno e lápis.

Entregue as plaquinhas para que continuem as histórias de maneira diferente daquela conhecida. Oriente-os a planejarem os textos: listarem suas ideias, organizarem a ordem, escreverem o texto, lerem e avaliarem suas produções antes da entrega.

Você pode dar a mesma plaquinha para todos os grupos para que, ao final, leiam suas histórias e comparem os finais. Ou pode dar placas diferentes e, ao final, eles leem as histórias para os colegas.

Atividade 7: Acróstico

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia na compreensão da escrita, nas hipóteses de escrita e na organização deste tipo de poesia.

Sugestão de atividade:

Explique para a turma que um acróstico é poesia em que as primeiras letras (às vezes, as do meio ou do fim) de cada verso formam, em sentido vertical, um ou mais nomes ou um conceito, máxima etc.

Mostre exemplos:

Convide os alunos a escreverem seus nomes, de pessoas da família e amigos. Sugira que, para montarem o acróstico de cada um, devem pensar nas características da pessoa.

Circule pela turma para auxiliar na escrita. Faça intervenções para que pensem na lógica da palavra e no que desejam representar. 

Monte uma exposição com os acrósticos para que toda a comunidade escolar possa ver.

Atividade 8: Qual a legenda?

Para que serve a atividade:

Esta atividade auxilia na leitura e interpretação de imagens e elaboração de uma descrição do texto lido.

Sugestão de atividade:

Reúna os alunos e pergunte se sabem o que é uma legenda. Incentive-os a falarem suas hipóteses. Explique que as legendas são os textos que acompanham uma imagem, conferindo-lhe um significado ou esclarecimento. Mostre exemplos de fotos e suas legendas. 

Na sequência, divida-os em duplas e entregue imagens para que pensem as legendas que as acompanham. Circule entre as duplas e as ajude a pensar na imagem, na estrutura da escrita e a chegarem a um acordo.

Ao final, compartilhem os resultados e abra uma roda de conversa para que todos mostrem seus resultados e comparem as legendas. Fale sobre as diferenças ou semelhanças de percepções de cada dupla ao escrever as legendas.

Atividade 9: Organizando os painéis

Para que serve a atividade:

Esta atividade ajuda a criança a selecionar e distinguir as letras do alfabeto de outros sinais gráficos.

Sugestão de atividade:

Para esta atividade, faça três cartazes: letras, placas, sinais matemáticos e números. Selecione letras, sinais matemáticos e placas e monte cartões. Veja os exemplos:

Espalhe os cartões pela sala e cole os cartazes na lousa. Organize os alunos em um círculo ao redor dos cartões. Chame uma criança por vez e convide-a a escolher um cartão e a colar no cartaz correspondente.

Vá conversando com as crianças sobre suas escolhas, fazendo perguntas e intervenções com a montagem dos painéis.

PNLD 2021 obras aprovadas: escolha SM Educação no Objeto 5. Com o objetivo de promover o protagonismo juvenil, em 2021, o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) ganhou uma nova divisão para continuar aprimorando o processo de ensino e aprendizagem, bem como melhorando a qualidade da educação.

Dessa vez, o programa, que avalia e disponibiliza obras didáticas, pedagógicas e literária – de forma gratuita, sistemática e regular – às instituições públicas de Educação Básica, teve seu sistema de escolha organizado em duas fases:

PNLD 2021 Objeto 5

No momento, estamos caminhando para a dinâmica do Objeto 5 do PNLD 2021, que corresponde à escolha das obras literárias e que pode ser realizada já no primeiro trimestre de 2022, com entrega prevista para o segundo trimestre do ano.

Nessa etapa, composta pelo livro do estudante impresso, material digital do estudante, manual do professor impresso e material digital do professor, optar por obras alinhadas à proposta do programa é o primeiro passo para democratizar o acesso dos estudantes às fontes de informação e cultura.

Com a SM Educação, por exemplo, você tem à disposição 12 obras aprovadas no PNLD 2021 Objeto 5 e alinhadas às diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), com conteúdos que abordam os mais diversos temas de grande relevância para propor novas discussões e reflexões em sala de aula.

SM Literatura é a primeira opção de quem entende do assunto

Alinhado às tendências da literatura juvenil, o Catálogo SM de Literatura foi elaborado para ser uma ferramenta no importante trabalho de formação integral e desenvolvimento em todas as camadas socioculturais.

No PNLD 2021, cada uma das obras literárias foi aprovada por sua capacidade de estimular o desenvolvimento subjetivo e a consciência cidadã de cada aluno(a), contemplando alguns dos temas sugeridos no Objeto 5:

Dentre as 12 obras aprovadas, destacam-se gêneros como poema, carta, conto, crônica, romance, biografia, autobiografia, relatos, memórias, história em quadrinho, romance gráfico e muito mais. 

Com isso, queremos dizer que, a partir de agora, sua escola terá a oportunidade de contar com o melhor do universo literário construído pela SM Educação no momento de escolha, levando títulos premiados, de grandes autores(as) e indispensáveis para a sala de aula. 

Nesse artigo, apresentaremos as obras que podem apoiar você a continuar estruturando e instrumentalizando o desenvolvimento da educação integral, além de oferecer a degustação gratuita de cada material didático. Conheça e faça sua escolha!

PNLD 2021 obras aprovadas - 7° e 8° anos

A chegada

Nessa graphic novel experimental, que já recebeu prêmios como Hugo Award de Melhor Relato, 2008, e Altamente recomendável FNLIJ 2012 – categoria Imagem,  o autor Shaun Tan narra as peripécias de um homem, separado de sua esposa e filha, chegando a uma terra totalmente estranha, à qual terá de se adaptar.

PNLD 2021 obra aprovada

Irmãos Pretos

Nesse romance premiado e altamente recomendável para quem quer se emocionar, Hannes Binder concebeu um impressionante trabalho com imagens em preto e branco, nos apresentando a jornada de solidariedade e justiça de Giorgio, de treze anos, que é vendido pela família, afetada pela miséria em decorrência da seca, e vai trabalhar como limpador de chaminés em Milão.

PNLD 2021 obra aprovada

No corredor dos cobogós

Um diário esquecido num apartamento da orla de Santos une dois adolescentes de gerações distintas: Haidê, que o escreveu nos anos 1980, e Benjamin, que o encontrou em 2015. Através dos tijolos vazados da fachada do prédio — os chamados cobogós —, ambos amadurecem, enquanto lidam com sentimentos diversos, perdas e separações.

PNLD 2021 obra aprovada

O caderno do jardineiro

Trazendo poemas delicados e elegantes, com grande profundidade de sentido, além de temas importantes como meio ambiente e arte, os versos em ‘O caderno do jardineiro’ brincam com a sonoridade e o sentido das palavras, revelando uma poesia madura e consistente. 

PNLD 2021 obra aprovada

O rapaz que não era de Liverpool

Destacando o impacto de uma grande mudança na vida de um jovem, ‘O rapaz que não era de Liverpool – 2ª edição’ conquistou diversos prêmios, como: Programa Minha Biblioteca (2010), Prêmio Barco a Vapor, Brasil (2005), White Rivens Catalogue (2007), Seleção FNLIJ para o catálogo de Bolonha (2007) e muito mais.

PNLD 2021 obra aprovada

Sonho de uma noite de verão

A 2ª edição de ‘Sonho de uma noite de verão’ é uma versão romanceada da peça homônima de William Shakespeare, na qual acompanhamos uma história de amores em desencontro, até que em uma noite de solstício tudo tende a mudar… 

PNLD 2021 obra aprovada

Irmãos para sempre

Descobrindo um senso de justiça e de cidadania que nos leva a entender, de outra forma, o significado de “irmão”, ‘Irmãos para sempre’ nos convida para uma viagem à Cidade do México, em uma aventura empolgante nos Jogos Olímpicos de 1968.

PNLD 2021 obra aprovada

Marie Curie no país da Ciência

Essa é uma biografia ilustrada sobre uma das maiores cientistas de todos os tempos e sua história de coragem, protagonismo, solidariedade e amor à ciência. Sua dedicação, inclusive, foi valorizada muito além das páginas e, recentemente, a Netflix lançou Radioactive, cinebiografia da pesquisadora. 

PNLD 2021 obra aprovada

Nos estilhaços de espelho

Na narrativa, a autora Florence Hinckel nos apresenta Cleo, uma garota de quinze anos que decide homenagear, em textos de seu diário, sua escritora predileta, Anne Frank, estabelecendo um diálogo imaginário pautado por reflexões sobre si mesma e as complexidades do mundo. 

PNLD 2021 obra aprovada

O jogo de ler o mundo

Permeada por delicadas ilustrações, essa coletânea de vinte e três poemas explora com sutileza diferentes formas de ler o mundo por meio de reflexões sobre o cotidiano e eventos da atualidade.

PNLD 2021 obra aprovada

Peças de um dominó

Acompanhe um romance sobre família, amadurecimento e perda. ‘Peças de um dominó’ nos carrega numa jornada de aprendizado, bravura e enfrentamento de grandes dificuldades.

PNLD 2021 obra aprovada

Tomoromu – a árvore da vida

Com esse belíssimo livro ilustrado, seus alunos terão contato com uma história que retrata e reforça a importância das tradições em nossas vidas. Conheça a narrativa de tradição oral do povo Wapichana, um dos mais de trezentos povos originários que vivem no Brasil.

PNLD 2021 obra aprovada

Agora você já conhece as obras da SM Educação aprovadas no Objeto 5 do PNLD 2021. Acesse nosso site e tenha acesso aos livros na íntegra para te ajudar na escolha dos melhores livros didáticos para a sua instituição de ensino. 

Faça sua escolha no Objeto 5 do PNLD 2021

A presença da tecnologia nos processos de aprendizagem tem ganhado cada vez mais espaço nas instituições de ensino de todo o mundo. Assim, podemos considerar escolas inovadoras aquelas que buscam se reinventar e apresentar soluções modernas para os membros da comunidade escolar.

Cada vez mais conectados e engajados com as novas ferramentas tecnológicas, crianças, jovens e adolescentes de todas as idades estão expostos, diariamente, a uma quantidade gigantesca de informações e dados.

E, neste cenário, as escolas buscam soluções e serviços educacionais transformadores, adaptando seus processos para que possam  proporcionar aos alunos o desenvolvimento pleno enriquecido de habilidades para a cultura tecnológica do século XXI.

Escolas inovadoras: o que são e quais os benefícios para a formação integral?

Explorando diversas concepções, métodos e técnicas de aprendizagem, as instituições que investem em educação inovadora têm como objetivo principal desenvolver a educação integral e formar cidadãos aptos para atuar em uma sociedade cada vez mais acelerada e influenciada pela tecnologia. Tudo isso de maneira integrada ao desenvolvimento socioemocional.

Vale destacar que, neste modelo, o aprendizado ocorre por meio de atividades diversificadas baseadas em metodologias ativas, incentivando o corpo docente a assumir o papel de mediador e facilitador no processo de aprendizagem. Portanto, os alunos têm a oportunidade de desenvolver protagonismo e autonomia para explorar o conhecimento e desenvolver suas competências. 

Mais do que ganhar dinamismo e interdisciplinaridade na rotina escolar, os estudantes ainda conseguem desenvolver as seguintes competências:

Agora que entendemos o que são escolas inovadoras e como elas podem apoiar os processos de ensino, veja abaixo alguns benefícios que suas metodologias podem oferecer à toda comunidade escolar:

Instituição de ensino melhor posicionada

Além de proporcionar aos alunos o desenvolvimento de novas habilidades e competências, ao adotar tecnologias educacionais eficientes as escolas inovadoras ganham notoriedade por conseguirem se destacar em meio à concorrência. 

Neste cenário, não basta apenas investir em aparelhos como computador, TV ou projetor para aulas interativas. A educação inovadora vai muito além disso.

Aqui, mais importante do que as ferramentas e técnicas é pensar como utilizar os recursos disponíveis para atingir uma melhora significativa na aprendizagem dos alunos, habituando-os a identificar e a aproveitar de maneira crítica o grande fluxo de informações e de propostas inovadoras aos quais estamos expostos na atualidade. 

A tecnologia faz parte da vida dos alunos e é natural que muitos demonstrem interesse por atividades que fazem parte do universo inovador da internet e das tecnologias de informação. 

Por isso, pode ser interessante para a escola investir em atividades que abordem temas como linguagens de programação, robótica e comunicação na internet.

Além disso, a abordagem com uso de tecnologias educacionais garante a personalização da metodologia de ensino, o posicionamento do aluno como protagonista de sua aprendizagem, o melhor aproveitamento das aulas com base no ensino híbrido e muito mais. 

Estimula o desenvolvimento de novas habilidades 

Antes de mais nada, escolas inovadoras estão em frequente busca por práticas que despertem novas habilidades nos estudantes de todas as idades. Como? Através de novas concepções de ensino-aprendizagem, metodologias diversificadas, técnicas e recursos inovadores de aprendizagem online ou presencial. 

Com isso, jovens e adolescentes passam a empregar criticamente os recursos inovadores da cultura digital em sua aprendizagem, aplicando a tecnologia para reconhecer problemas, analisar as possibilidades e chegar a soluções criativas para que possam resolvê-los.

Nessa metodologia, os estudantes ganham autonomia, se tornam protagonistas do próprio aprendizado e outras habilidades importantes:

Mas de que forma isso traz benefícios para a instituição?

A princípio, uma educação inovadora torna o processo de desenvolvimento dos alunos mais completo e contextualizado com suas vivências. Além disso, proporciona uma formação com mais qualidade por meio das tendências do mundo globalizado.

Consequentemente, a comunidade escolar e as famílias expressam maior satisfação com a escola e tendem a indicar a instituição para outras pessoas, podendo gerar novas matrículas

Escolas inovadoras reduzem custos ao oferecerem formação integral e inovadora

A inovação pode auxiliar a escola em diversas áreas, especialmente na otimização da gestão financeira.

Desse modo, repensar a maneira como a escola faz sua gestão de comunicação, gestão acadêmica e financeira envolve considerar ferramentas digitais para apoiar a gestão, bem como automatizar tarefas e simplificar processos de pagamentos, cadastros, administração, entre outros. 

Base que vai sustentar toda a estrutura pedagógica de uma instituição de ensino, a boa gestão desses recursos oferece muitas vantagens. Entre elas é possível destacar:

Potencializa o controle da grade escolar

Durante o ano escolar, ter uma grade horária bem definida, respeitando as prioridades da instituição de ensino, é indispensável por diversos motivos: coletar disponibilidade dos professores, considerar locais das aulas, de acordo com a demanda e disponibilidade, e muito mais. 

Posto isso, a adoção de recursos tecnológicos pode ser uma grande aliada no processo de gestão de tempo para toda a equipe escolar. Isso porque, por meio de softwares, os profissionais da educação podem acessar a agenda de aulas de cada professor, as atividades institucionais e demais informações da grade escolar.

Melhora a comunicação entre professores e alunos

Embora o estudante seja protagonista de sua própria aprendizagem, o papel da equipe docente é indispensável durante os processos da educação básica. Por isso, além das lições mencionadas, as escolas inovadoras ainda nos mostram que é possível fortalecer a comunicação entre professores e alunos. 

Devido à grande implementação de recursos tecnológicos, as novas ferramentas tendem a auxiliar professores na mediação dos processos de ensino-aprendizagem e na distribuição de conteúdos.

Com isso, podemos concluir que, no modelo de educação inovadora, o corpo docente se sente mais engajado e preparado.

Logo, professores ganham maior autonomia e possibilidades para incluir projetos criativos e dinâmicos nos processos de aprendizagem. 

Agora que você já entendeu o que são as escolas inovadoras e como elas podem impulsionar a educação integral, que tal colocar em prática?

Contar com um sistema de gestão escolar de qualidade é uma obrigação para instituições que buscam otimizar o oferecimento de serviços e produtos acima da média, a fim de obter melhores resultados acadêmicos, financeiros e, sobretudo, quanto ao nível de satisfação de pais e alunos. 

Por si só, esse já é um ponto que tende a ser um grande diferencial para ter tudo em ordem em sua escola e, assim, garantir total qualidade no processo educacional. Mesmo assim, é possível ir muito além… 

Por isso, apresentamos Educamos, o ecossistema da SM Educação, que pode atuar como uma solução para todas as necessidades de gestão da escola de forma integrada à comunidade escolar.

gestão escolar educamos

Gestão escolar completa e eficiente com o Educamos

Educamos é um ecossistema de soluções da SM Educação que tem como objetivo trazer melhorias para as diferentes áreas de sua instituição. 

Para a Gestão escolar, Educamos apresenta diversas ferramentas e estratégias que se adequam à identidade da sua escola e ao seu projeto educacional. Conheça:

A Gestão Escolar começa com direcionamento estratégico

Educamos oferece soluções estratégicas para direcionar sua instituição de ensino no caminho certo, tornando a Gestão Escolar mais eficiente e assertiva.  Consultores especializados da SM Educação realizam uma análise para desenvolver um diagnóstico completo da instituição.

Após o diagnóstico, metas estratégicas são definidas com três focos distintos: Qualidade, Sustentabilidade e Identidade. Para isso, oferecemos apoio e monitoramento constante ao longo do ano letivo. 

Definidos os objetivos estratégicos, é criado um plano de ação personalizado para a sua instituição de ensino, que será a principal diretriz para a gestão escolar.

Gestão escolar para aprendizagem: soluções integradas

No Educamos, a Gestão Escolar está presente nos processos de ensino e aprendizagem por meio de uma tecnologia exclusiva que realiza acompanhamento do progresso dos alunos, individualmente e por turmas. Isso é feito gerando relatórios de resultados que podem ser utilizados pela Gestão Escolar nos indicadores de qualidade da instituição de ensino. 

Ferramentas para gestão da sala de aula facilitam o dia a dia dos professores, alunos e famílias, beneficiando toda a comunidade escolar. O professor tem à disposição um aplicativo com agenda, gestão de frequência, chamada digital, registro de notas, gestão de atividades e lição de casa, e ferramenta de comunicação a distância com alunos e famílias. 

O estudante conta com uma plataforma onde pode enviar suas tarefas diretamente para o professor e receber feedbacks, além de um aplicativo com agenda para gerir as suas atividades.

Gestão administrativa, econômica e de comunicação

Administrar um grande fluxo de dados todos os dias e fazer com que as informações sejam repassadas aos estudantes, suas famílias, à rede de ensino e ao corpo docente é uma atividade muito desafiadora.

É por isso que o ecossistema Educamos oferece ferramentas de gestão administrativa, econômica e de comunicação. Por meio de soluções integradas para gestão integral da escola, será possível administrar o cadastro de alunos, famílias e matrículas; gerir a grade horária e o oferecimento de turmas da instituição; gerir avaliações e notas, de acordo com o modelo de preferência da escola; emitir boletos e acompanhar a situação financeira dos alunos e famílias matriculados, entre outras facilidades. 

Para a comunicação, Educamos permite a troca de informações rápida e sigilosa entre gestão escolar, docentes, alunos e famílias, fortalecendo o relacionamento da comunidade escolar.

Os benefícios da Gestão Escolar do Educamos para a sua escola

Com o Educamos, a gestão administrativa, acadêmica e financeira da escola conta com ferramentas exclusivas para organizar e automatizar atividades, e assessoria estratégica de uma equipe especializada. Essas soluções permitem:

Ou seja, o sistema integrado do Educamos entrega o melhor do gerenciamento e da otimização de processos, garante uma comunicação eficaz com a comunidade acadêmica, incluindo famílias. Além disso, favorece o aprendizado personalizado e possibilita um trabalho baseado na cultura de gestão de dados e informações.

Sua escola receberá suporte personalizado da equipe Educamos na implementação do ecossistema e na emissão de relatórios sobre saúde financeira e desempenho pedagógico.

Lembre-se: tudo é feito sempre de acordo com a necessidade da instituição, que poderá aproveitar todas as integrações que a tecnologia utilizada no Educamos proporciona. 

Construa e fortaleça uma base sólida de atuação com o Educamos

Isso é apenas uma parte do que o ecossistema da SM Educação pode fazer pela sua gestão escolar. Venha explorar mais sobre o Educamos, conheça tudo sobre a nossa solução e faça a melhor escolha para o futuro da sua escola. 

Entre em contato com os nossos especialistas e entenda como podemos ajudar  sua escola a dar um passo além, por meio de soluções que contemplam a administração, o estudante e o corpo docente: https://materiais.smbrasil.com.br/gestao-integral-educamos-sm-educacao 

Formação continuada e capacitação de professores são investimentos essenciais para o desenvolvimento do trabalho. Consequentemente, para garantir uma educação de qualidade aos alunos.

Por isso, é importante que a instituição de ensino esteja atenta para as necessidades de formação e atualização dos professores. 

Afinal de contas, a instituição sempre vai se beneficiar ao contar com professores preparados e atualizados. Isso aumenta a qualidade da educação, o desempenho dos estudantes e a satisfação das famílias.

Bons alunos são formados por bons professores. E essa troca é fundamental para a sua escola se posicionar estrategicamente no mercado como sinônimo de qualidade em educação

Tendo isso em mente, é importante lembrar que a formação de professores é um processo contínuo e abrangente, que deve fazer parte da cultura da escola e ser sempre incentivado.

A educação e a própria sociedade estão em constante evolução, e os professores precisam revisitar e repensar suas práticas pedagógicas para que se adaptem a essas mudanças.

Saiba quais são os principais benefícios para a instituição de ensino que apoia a formação docente e veja algumas opções para colocar em prática na sua escola.

Benefícios da formação e capacitação de professores

Antes de falarmos sobre os benefícios, precisamos entender o que significa “formação e capacitação continuada”. 

Ou seja, quando falamos sobre formação continuada, estamos nos referindo à frequente ampliação, aperfeiçoamento e desenvolvimento de novas habilidades por meio do aprendizado, com possibilidades de conhecer diferentes meios para alcançar objetivos.

Já na capacitação de professores, então, o intuito é preparar e/ou desenvolver alguma atividade já preestabelecida. 

Benefícios

Para professores

Para os alunos e famílias

Para a gestão

O que as melhores instituições de ensino têm em comum

Sabemos que inovação é valorizada nas melhores instituições de ensino, mas também entendemos que a tecnologia por si só não é suficiente. É preciso mudar a cultura do ensino e se organizar de maneira diferente!

Algumas características são semelhantes entre as melhores instituições. Confira:

Para os gestores darem conta de observar, investir em formação e capacitação de professores e ainda cuidar com atenção de todos esses pontos, o uso de ferramentas de apoio se faz necessário. Por isso, você precisa conhecer o ecossistema Educamos, da SM Educação.

Educamos: uma solução para todas as necessidades da sua escola

Da sala de aula à gestão, Educamos, da SM Educação, é um ecossistema de soluções integradas para sua escola. Totalmente baseado em soluções de Ensino e Aprendizagem, Consultoria Estratégica, Serviços Educacionais e Gestão.

Os serviços do ecossistema reúnem recursos didáticos, ferramentas e serviços que permitem à escola transformar suas práticas de ensino e aprendizagem, sua organização administrativa, sua capacidade de aperfeiçoar o corpo docente, assim como o relacionamento com alunos, famílias e comunidade.

Neste ecossistema educacional, toda a comunidade escolar é envolvida no processo de desenvolvimento, de acordo com cada área trabalhada.

Nas Soluções Estratégicas, nossos consultores fazem um diagnóstico e a definição de metas com ênfase na qualidade, sustentabilidade e identidade, executam e monitoram o plano estratégico, com indicadores de progresso e desenvolvimento de áreas-chave.

Esta etapa tem o objetivo de alcançar novos resultados, consolidar posicionamento, otimizar investimentos e permitir tomadas de decisões assertivas.

Recursos ao professor

Nas soluções de Ensino e Aprendizagem, o aluno e o professor contam com material didático de qualidade, alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e orientado ao desenvolvimento de habilidades e competências, com conteúdo digital integrado.

As ferramentas de Ensino e Aprendizagem e gestão da sala de aula permitem ao professor acompanhar a evolução da classe e de cada aluno com base em dados, para analisar o desempenho do estudante e potencializar a aprendizagem.

Assim, a plataforma facilita todos os processos de gestão pedagógica que envolvem o professor e a equipe escolar.

Logo, na área de Gestão, o objetivo é facilitar as operações administrativas, financeiras e de comunicação da escola, dando a elas mais eficiência e facilitando o compartilhamento  de informações com colaboradores, docentes, alunos e famílias.

Para isso, conta com ferramentas e soluções centralizadas em um único banco de dados, com migração simplificada e facilidade de acesso.

Integre a sua escola, invista em capacitação de professores e seja uma referência dentro da comunidade escolar.

educamos-sm