Sobre a SM Fundação SM Formação Continuada Carreiras Contato
SM Aprendizagem

Nunca se deu tanta atenção à inovação no contexto pedagógico como nos dias atuais. Mudanças econômicas, sociais, políticas e tecnológicas estão transformando a maneira como lidamos com trabalho, estudos, lazer, comunicação, etc. Com isso, é natural que as novas gerações de estudantes exijam uma escola mais flexível e integrada às novidades, que ofereça experiências de aprendizagem mais contextualizadas aos novos tempos. Nesse sentido, a aprendizagem com projetos tem ajudado escolas e educadores a enfrentarem os desafios para engajar cada vez mais os alunos.

Graças a essa abordagem, é possível oferecer aulas mais criativas e envolventes que, de fato, causem impactos positivos na educação dos estudantes, que, por meio de uma participação mais prática, desenvolverão habilidades importantes para o novo século.

Quer saber mais sobre esse tema? Então, continue a leitura e confira por que a aprendizagem com projetos é benéfica para as instituições de ensino. Acompanhe!

O que é a aprendizagem com projetos?

A flexibilização do ensino e os novos modelos de escola têm sido pautas comuns na discussão sobre os rumos da educação básica. As novas gerações são mais independentes e estão acostumadas a explorar o mundo virtual desde cedo, com as crianças sempre sujeitas a um grande volume de informações e estímulos.

Ganhar a atenção do aluno na sala de aula e promover o aprendizado é um desafio cada vez maior para o professor. Aqui entra a metodologia de aprendizagem com projetos, que dá autonomia ao aluno e permite a ele aprender enquanto soluciona desafios dos projetos ativamente, guiado por questões norteadoras sobre o funcionamento do mundo.

Esse modelo de aprendizado consiste na construção de conhecimentos em que o aluno, por meio de um trabalho investigativo, pode responder uma questão complexa ou solucionar um problema específico. O mais interessante é que, dessa forma, o aprender e o fazer andam juntos.

“Os estudantes gostam de perguntas sem respostas”. A frase do educador indiano Sugata Mitra indica a essência do ensino instigador: a curiosidade. Para o aluno, é muito mais interessante ser movido por questões e problemas que o forcem a encontrar uma resposta do que receber conhecimento pronto para decorar.

Qual é a relevância e os benefícios da aprendizagem com projetos?

A necessidade de engajamento do aluno e a contextualização dos saberes mostram a relevância da aprendizagem com projetos, baseada em desafios motivadores que desenvolvem processos de reflexão e análise, atrelados às habilidades do século XXI. O resultado é o conhecimento funcional e significativo.

Essa metodologia proporciona vários benefícios, como:

·        todos os componentes curriculares são trabalhados, de maneira integrada, em projetos que estimulam no aluno o descobrimento de si e sua interação com o meio;

·        melhora a convivência com colegas e professores;

·        maior desenvolvimento;

·        compreensão de visão do mundo;

·        respeito à natureza e ao meio ambiente;

·        estímulo da cidadania e das relações sociais.

Para o educador, o ensino com projetos integradores traz flexibilidade e dinamismo à prática docente. Como o aluno é o protagonista das atividades, o professor assume o papel de mediador, responsável por facilitar a organização da classe e o trabalho em equipe.

Os projetos ainda contribuem para envolver o aluno nos temas e acontecimentos da sociedade, mostrando que o conhecimento está em todo lugar e é produzido nos mais diversos contextos.

O trabalho com projetos, especialmente no Ensino Fundamental, oferece um leque de possibilidades para que o professor desperte o interesse dos alunos, não apenas pelos componentes curriculares em si, mas principalmente pelo prazer em aprender.

Por que a inovação na escola é importante para esse modelo de aprendizado?

A inovação na escola é uma das principais ferramentas para se aderir à metodologia de aprendizagem com projetos. O desenvolvimento de habilidades como criatividade, capacidade de questionamento e inovação são o foco de muitas instituições de ensino.

Contudo, o que vemos, em muitas situações, são conteúdos ministrados de maneira maçante, salas lotadas e pouco resultado. Para mudar esse cenário, é imprescindível que as escolas e os educadores inovem em suas estratégias pedagógicas. Dessa forma, é possível mudar radicalmente a experiência dos alunos em sala de aula.

Existem diversos caminhos para implementar a inovação na escola, a começar pelo uso de ferramentas tecnológicas de aprendizagem, como projetos pedagógicos inovadores que atraiam a atenção dos alunos e proporcionem mais engajamento.

Quais os benefícios de aliar a inovação na escola com o aprendizado por projetos?

Aliar a inovação na escola com a aprendizagem por projetos é uma estratégia pedagógica muito benéfica para as instituições de ensino. Confira algumas vantagens desse processo:

Alia a teoria e a prática

Como mencionamos, nesse método de aprendizagem a teoria e a prática são inseparáveis, e essa é umas das principais vantagens. Esses projetos ajudam os estudantes a explorar o conhecimento, dando a eles uma nova perspectiva do conteúdo.

Integra o aluno e o educador

Práticas pedagógicas inovadoras deixam o ensino mais motivador e significativo, tanto para os alunos quanto para os educadores. Isso incentiva a autoconfiança, afetividade, socialização e integração entre os estudantes e os educadores.

Torna o ensino mais atraente

A inovação nas escolas proporciona aulas mais dinâmicas e interativas, o que promove mais engajamento e atrai a atenção dos alunos. Ter esse diferencial, além de melhorar o desenvolvimento acadêmico dos estudantes, aumenta o índice de satisfação dos pais.

Fortalece a marca da escola

Os métodos de aprendizagem com projetos e inovações de ensino são diferenciais que fazem com que a escola se destaque na comunidade. Isso fortalece a marca da instituição e também a sua reputação como referencial de ensino.

Treina a pedagogia do educador

Os alunos não são os únicos que se beneficiam dessa metodologia. Os educadores tendem a ganhar uma experiência de ensino enriquecedora, além de mais motivação para sempre se aprimorar e inovar. Tudo isso reflete positivamente na qualidade do ensino, o que, consequentemente, atrai mais alunos para a instituição.

Como vimos, a aprendizagem com projetos é um método que vai muito além da teoria, desenvolvendo diversas habilidades importantes nos alunos. Sua adoção, aliada à inovação nas escolas, forma estudantes mais preparados para o mercado de trabalho e também fortalece a marca da instituição, que se torna referência em um método de ensino mais efetivo.

Quer ter acesso a outras dicas e materiais de apoio? Curta nossa página no Facebook e no Instagram!


Nos últimos anos, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi amplamente debatida nas pautas de educação — esse documento foi um dos que mais recebeu contribuições e sugestões na história do país. Isso mostra o quanto ele é importante, não apenas para os educadores, mas para todos.

O documento sobre a Educação Infantil e o Ensino Fundamental foi aprovado pelo Ministério da Educação no dia 20 de dezembro de 2017. Já para a etapa do Ensino Médio, a homologação ocorreu em 14 de dezembro de 2018. As instituições de educação básica no Brasil deverão, obrigatoriamente, orientar seus currículos com base nas diretrizes da BNCC. Por isso, é importante entender como esse documento funciona e quais são suas propostas para o ensino e para a aprendizagem.

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre esse assunto, não deixe de ler até o final. Redigimos este conteúdo para explicar o que é esse documento e quais os seus pontos principais. Vamos lá?

O que é a BNCC e como ela funciona?

A BNCC é um conjunto de diretrizes que orienta a organização dos currículos na educação básica e define o conjunto de habilidades e competências que devem ser progressivamente desenvolvidas pelos alunos ao longo dos ciclos escolares.

O documento não deve ser visto como uma regra absoluta ou um currículo pronto, mas como um encaminhamento que norteará os objetivos pedagógicos em cada etapa escolar. Essa base deverá ser seguida tanto em escolas da rede pública quanto em estabelecimentos de redes particulares.

Por meio da BNCC, cada instituição terá autonomia para construir seu currículo, usando as estratégias pedagógicas que sejam mais adequadas para planejar, desenvolver e avaliar o aprendizado voltado ao desenvolvimento de competências, habilidades e níveis de cognição em cada componente curricular.

Quais os objetivos da BNCC?

A elaboração desse documento objetiva prover à escola uma base de referência para compor seus currículos, homogeneizando o percurso de aprendizagem nas instituições de ensino, seja nas escolas públicas, privadas, rurais ou urbanas. Com a BNCC, espera-se diminuir as desigualdades na educação e, mais importante, aumentar a qualidade do ensino no Brasil.

A Base Curricular tem o objetivo de preparar os alunos e desenvolver habilidades e competências importantes para o século XXI. Também visa modernizar as práticas pedagógicas e os recursos, incentivando a atualização das instituições e do corpo docente.

De maneira geral, os objetivos da BNCC são:

·        formar cidadãos mais críticos e engajados em seu meio sociocultural;

·        desenvolver habilidades para resolver problemas;

·        estimular a autonomia e o protagonismo para tomar decisões;

·        formar cidadãos colaborativos para o trabalho em equipe;

·        promover o respeito à diversidade;

·        desenvolver a capacidade de argumentação.

O foco é o desenvolvimento integral do aluno. A busca da igualdade educacional considera as singularidades desse processo, o real acesso e a permanência de todos na escola, com direito a aprendizagem genuína e significativa.

Quais as principais competências da BNCC?

Para assegurar a aprendizagem dos alunos, a BNCC indica competências gerais, comuns a todos os componentes curriculares, que norteiam o trabalho dos professores. As competências são definidas como a mobilização de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores para resolver situações complexas da vida cotidiana, com pleno exercício da cidadania, permitindo que o aluno leve o aprendizado para todas as áreas da vida e se desenvolva integralmente.

A Base Curricular estipula dez competências que são consideradas fundamentais:

·        valorização dos conhecimentos adquiridos;

·        pensamento crítico, criativo e científico;

·        valorização das manifestações artísticas e culturais;

·        comunicação;

·        cultura digital e tecnologia;

·        autogestão;

·        argumentação;

·        autoconhecimento;

·        empatia e trabalho em equipe;

·        autonomia, responsabilidade e resiliência.

Nesse contexto, o foco é desenvolver habilidades e competências cognitivas, sociais e pessoais dos alunos. Dessa maneira, o conteúdo se torna uma ferramenta de aprendizagem que permite desenvolver habilidades e competências progressivamente.

Como incluir a BNCC na instituição de ensino?

Primeiramente, é necessário atualizar o currículo da escola e revisar todo o projeto pedagógico para se adequar às competências estipuladas pela Base. Além do mais, é primordial a formação e atualização contínua dos educadores.

As transformações devem ser comunicadas com muita clareza aos pais e ao corpo escolar para que todos entendam e desempenhem seus papéis na transformação educacional. Ainda nesse contexto, a modernização dos materiais didáticos é fundamental para se adequar às direções da BNCC.

As mudanças esperadas com a implementação da BNCC, de maneira geral, trazem expectativas de mudanças na educação e constantes melhorias no ensino. A ideia é formar estudantes mais críticos, criativos e preparados para transformar a sociedade em que vivem.

Se você gostou deste post sobre a BNCC, siga nossas redes sociais para não perder nenhum dos nossos conteúdos: estamos no Facebook, YouTube e Instagram!


Utilizamos cookies e outras tecnologias proprietárias e de terceiros para operar corretamente e com segurança o nosso site e personalizar o seu conteúdo. Nós também os usamos para analisar sua experiência de navegação e para adaptar a publicidade aos seus gostos e preferências. Política de cookies

Configurar ou Rejeitar Aceitar todos